domingo, 20 de março de 2011

Liga Zon Sagres - Porto vence

FCPorto 3 - Académica 1.








2 comentários:

Dragaopentacampeao disse...

Mais um jogo de duas faces que terminou em grande.

Primeiros 30/40 minutos de um Porto irreconhecível (lento, sem dinâmica nem inspiração) e o restante um Porto à Campeão.

Boa moldura humana no Dragão, engalanado para o ensaio geral do título que já não fugirá (isto se não houver nova emboscada na Luz!).

Destaques: Guarín, mais uma vez, a marcar golo decisivo na reviravolta e a rubricar excelente exibição; 100º golo da temporada, da autoria de um estreante nestas lides (Maicon); 22ª vitória no Campeonato, em 24 jogos (2 empates); Título à distância de uma vitória... na Luz!

Um abraço

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

É inadmissível a entrada em jogo do FC Porto.

Tudo bem que vimos de uma jornada europeia, havia que gerir esforço, mas entrar numa atitude passiva, lenta e sem pressing, à espera que a nossa superioridade fizesse com que o golo aparecesse, é totalmente errada.

Os primeiros 35 minutos, sem tirar mérito à Académica, foram complicados muito por culpa nossa.
A Académica muito bem posicionada, num rápido contra-ataque chegou ao golo, e ainda bem ... pois só assim a nossa equipa acordou para o jogo, e ainda nos últimos 10 minutos da primeira parte poderíamos ter empatado.

A segunda parte foi totalmente diferente. Um FC Porto a jogar rápido, acutilante, e as oportunidades a surgir em catadupa.
Após a entrada de Moutinho, a equipa ficou mais pressionante e com naturalidade marcamos 3 golos, poderíamos ter marcado mais, mas também seria injusto para uma Académica que se bateu bem no Dragão.

Melhor em campo Guarin, que está a fazer uma época fantástica.
Fernando muito bem nas suas tarefas, mas a partir do momento que precisávamos virar o jogo foi bem substituído por Moutinho, que mais uma vez se mostra uma peça determinante no esquema de Villas-Boas. João Moutinho é fantástico, equilibra a equipa... tácticamente é perfeito.
Fucile esteve muito bem a atacar e a defender, fazendo o melhor jogo da época.
Belluschi muito bem nas transições e nas ruturas.
Varela fantástico a desequilibrar pela ala.
Falcao, Hulk e Alvaro Pereira estiveram menos bem.

O árbitro teve alguns erros. Duvida no lance da intencionalidade ou não de Rolando em jogar a bola com a mão. É um lance difícil de avaliar, pois Rolando parece-me ter exclusiva intenção de cabecear a bola e esta ressalta ao braço.
Duvida também num suposto penalti por marcar sobre Hulk na primeira parte, embora seja discutível se o jogador da Académica começa ou não a puxar a camisola fora da área.
Amarelo ridículo a Maicon, nas barbas do fiscal de linha, que ainda se achava com razão.
Luiz Nunes teve entrada violenta sobre Belluschi que deveria ter sido sancionada com cartão vermelho.

Espero que a Académica consiga a manutenção, e que consiga alcançar a final da Taça de Portugal. É uma equipa que pratica um futebol positivo, e não fosse a saída de Jorge Costa, estaria nesta altura já a salvo da descida.

Fantástico o apoio dos mais de 46 mil que ontem se deslocaram ao estádio e tiveram a paciência, para levar com 35 minutos enfadonhos, e que puxaram pela equipa para mais uma vitória rumo ao 25º. título.

Falta-nos uma vitória para sermos campeões. Se for na Luz terá um sabor especial, e o título será comemorado do relvado até ao fim do túnel!

Abraço e boa semana

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/